Agradeço aos seguidores

sábado, outubro 10, 2009

PSS / UFPA - 2005

Em 2005 a Universidade Federal do Pará iniciou a avaliação da disciplina Sociologia nos Processos Seletivos Seriados. Eis as questões:

46. Em relação à crise do emprego no Brasil, é correto afirmar:

(A) O fenômeno do desemprego não se deve à oferta de vagas, mas ao reduzido número de pessoas que estão à procura de trabalho.
(B) O desemprego poderá ser reduzido com a implementação de uma política econômica capaz de retomar o crescimento econômico e diminuir as condições de precariedade que atingem os trabalhadores, com uma política efetiva de geração de emprego e renda.
(C) O desemprego e a precarização das condições de trabalho atingem uma pequena parcela da sociedade brasileira, responsável pelo crescimento econômico do país.
(D) O movimento sindical deve implementar e executar programas de desregulamentação que concorram para o desenvolvimento e para a geração de empregos.
(E) A ordem econômica mundial vigente tem apresentado no Brasil elementos para implementar uma política de distribuição de renda e geração de emprego, baseada na dolarização da moeda, não havendo interesse em aumentar a produção e incorporar novas tecnologias.

47. O Estado Moderno iniciado com o absolutismo, na medida em que impulsionou o domínio da razão, da ciência e da técnica, foi essencial para o desenvolvimento da sociedade capitalista, pois

(A) Possibilitou a substituição do domínio teológico por uma relação de não dominação.
(B) Não favoreceu o entendimento das religiões do mundo feudal.
(C) Estabeleceu o fundamento necessário para justificar o processo de acumulação capitalista.
(D) Impediu que as classes sociais utilizassem o fundamento científico em defesa de seus interesses.
(E) Foi o único modo encontrado pelo Estado de não incorporar uma administração racional.

48. Em 20 de abril de 1997, alguns rapazes em Brasília atearam fogo no índio pataxó, Galdino Jesus dos Santos, enquanto este dormia. Isso pode ser uma demonstração de que indivíduos ou grupos pertencentes a sociedades diferentes, ou a grupos diferentes, em uma mesma sociedade, em situação de contato, praticam atos negativos e até bárbaros, evidenciando relação de alteridade, que se classifica como

(A) Etnocentrismo.
(B) Nacionalismo.
(C) Nativismo.
(D) Evolucionismo.
(E) Relativismo.

49. É comum, nos mais diversos contextos sociais, ouvirem-se expressões negativas fazendo referência a pessoas negras, a exemplo de “Negro quando não suja na entrada, suja na saída”.

O uso dessa expressão associa a sua significação a uma demonstração que evidencia

(A) O racismo ser apenas uma manifestação simbólica no Brasil.
(B) Uma conduta individual dos sujeitos em contextos sociais diversos, sem preconceito.
(C) Uma igualdade de tratamento racial no Brasil.
(D) O racismo no Brasil ser somente uma questão econômica.
(E) Uma forma de manifestação de racismo.

50. Os mecanismos de exclusão social são múltiplos e seus modos de manifestação diversos. As formas de exclusão relacionam-se entre si e podem agregar-se ou contradizerem-se.

I – Atualmente no Brasil, os jovens, as mulheres, os migrantes e os idosos que estão em ocupação de trabalho precário são segmentos sociais considerados excluídos.

II – As formas de trabalho escravo são a negação dos direitos civis e políticos e constituem formas de exclusão social.

III - Os processos de inovação tecnológica e de improdutividade no mundo do trabalho, nas últimas décadas no Brasil, têm contribuído para diminuir a exclusão social.

IV - A divisão sexual do trabalho é uma das bases sobre as quais se dá a organização socioeconômica da produção e, ao mesmo tempo, representa uma das formas de exclusão social.

V - A exclusão social somente ocorre quando um grupo social não se identifica como excluído e está plenamente integrado no mercado de trabalho e na vida social.

Estão corretas somente as afirmações:

(A) II, III e V.
(B) I, II e III.
(C) III, IV e V.
(D) I, II e IV.
(E) II, IV e V.

Fonte: http://www.ufpa.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário